8 Hábitos Altamente Eficazes na Gestão de Logs de Segurança de TI

No ambiente empresarial de hoje, é as fontes de dados que impulsiona as organizações na direção correta.
Os dados permitem o planejamento, previsão e estratégia. Por exemplo, os varejistas dependem de dados de comportamento do cliente para aumentar as vendas, e dependem de dados de desempenho do passado para tomar decisões eficazes.
Da mesma forma, os profissionais de segurança de TI dependem de dados de logs gerados pela sua infraestrutura de rede de TI para proteger suas redes contra ameaças, ataques e violações.
A infraestrutura de TI de qualquer organização inclui dispositivos de rede (roteadores, switches, firewalls, etc.), sistemas (Windows, Linux, etc.) e aplicativos críticos para os negócios que geram uma enorme quantidade de dados de registro.

Estes dados de logs é uma mina de ouro que pode fornecer insights poderosos de inteligência de segurança para todas as ameaças de segurança – mas somente se os dados de registros forem monitorizados e analisados em tempo real.EventLogA gestão eficaz de dados de registro pode ajudar os gerentes de segurança TI reduzir os ataques cibernéticos sofisticados, identificar a causa raiz dos incidentes de segurança, monitorar a atividade do usuário, impedir violações de dados, e o mais importante, atender aos requisitos de conformidade regulamentar.
Mas sem táticas e processos de gerenciamento de logs próprios, gerentes de segurança de TI são obrigados a enfrentar desafios enormes quando se trata de proteger sua organização contra ataques e violações.
A seguir, vamos abranger os oito hábitos que os Gerentes de Segurança de TI altamente eficazes têm de adaptar ao gerenciar seus dados de registro. Estes hábitos de gerenciamento de log são de natureza universal e vão ajudar todos os Gerentes de Segurança de TI, a aproveitar o poder dos seus dados de registro para proteger eficazmente as suas redes.

Hábito 1 – Utilizar ferramentas de Gestão Automatizado de Log

Analisar dados de logs é um dos maiores desafios que os gerentes de segurança de TI enfrentam. Acompanhar e analisar os dados de registro manualmente é impossível porque o volume de dados de registro é enorme, e o processo está propenso ao erro humano. Portanto, os gerentes de segurança de TI precisam confiar em soluções automatizadas de gerenciamento de logs para analisar enormes quantidades de dados de logs gerados por sua infraestrutura de rede.
Com ferramentas automatizadas de gerenciamento de logs, os gerentes de segurança de TI podem derivar de inteligência de segurança em tempo real. Com soluções automatizadas de gerenciamento de logs implantadas, os gerentes de segurança de TI podem ser notificados em tempo real quando ocorrer anomalias em seus aplicativos, sistemas e dispositivos. Em poucos segundos, ferramentas automatizadas de gerenciamento de logs fornecem insights poderosos dos comportamentos do usuários, anomalias de rede, o tempo de inatividade do sistema, violações de políticas, ameaças internas e muito mais.

Hábito 2 – Agregar registros de dados em um local central

Agreganr dados de registro de fontes heterogêneas – Windows, Unix, Linux e outros sistemas; aplicações; bases de dados; roteadores; switches ; firewalls; etc. – em um lugar central pode ser uma tarefa assustadora para os gerentes de segurança de TI. A utilização de várias ferramentas de gerenciamento de logs para coletar e analisar diferentes formatos de logs a partir de inúmeros dispositivos, sistemas e aplicações não é uma forma eficaz de gerenciar os mesmos em uma empresa.
Os gerentes de segurança de TI precisam implantar uma única ferramenta de gerenciamento de log, que lhes permitam decifrar qualquer formato de registro de qualquer fonte. Os gerentes de segurança de TI devem escolher uma ferramenta de gerenciamento de log que tenha um recurso de coleta de log universal.
Esse recurso permite que as organizações coletem e analisem qualquer formato de dados de log a partir de qualquer fonte. Coletando dados de log em um lugar central dá aos gerentes de TI uma visão holística da segurança de todas as atividades que acontecem na rede facilitando assim decisões de segurança eficazes em tempo hábil.

Hábito 3 – Estar pronto para Auditorias com relatórios de segurança

Cada organização tem de cumprir tanto com as suas próprias políticas de segurança interna quanto com as políticas dos órgãos reguladores externos, tais como PCI DSS, SOX, FISMA, ISO 27001, e HIPAA.
Quando se trata de auditorias externas, os gerentes  de segurança TI tem de se concentrar em atender as exigências estabelecidas pelos órgãos externos e garantir que os auditores de conformidade terminem seu trabalho com o mínimo esforço. Garantia verbal aos auditores de conformidade não é o suficiente. Relatórios de segurança tem que estarem prontos, e os relatórios devem ser apoiados com os dados de registro necessários e as ferramentas de gerenciamento de logs utilizados.

Hábito 4 – Realizar investigações de Log Forense

Dados de registro tem respostas para todos os problemas de rede. Todos os invasores deixam vestígios, e os seus dados de registro são a única coisa que pode ajudá-lo a identificar a causa de uma violação e até mesmo dizer-lhe quem o iniciou. Além disso,  a análise de relatórios de dados de log forense pode ser usado como prova em um tribunal de justiça.
Pesquisar manualmente através de logs para encontrar a causa raiz de um problema de rede ou de detectar um padrão de eventos é como procurar uma agulha num palheiro.
Os gerentes de segurança de TI acham muito difícil obter respostas às suas perguntas quando eles mais necessitam delas. Mas com logs forenses adequados táticas e ferramentas, eles podem obter respostas a todas as suas perguntas. As capacidades de busca de ferramentas de análise de log forense permitem que os gerentes realizem uma investigação, que irá ajudá-los a encontrar rapidamente e corrigir problemas de rede e comportamento anômalo.
Recursos de pesquisa de logs proporcionam ao gerentes de segurança de TI a liberdade de procurar em toda a infraestrutura de rede.

Hábito 5 – Gerenciar proativamente ameaças de segurança

Para mitigar os ataques cibernéticos sofisticados de forma proativa, os gerentes de segurança de TI têm de correlacionar os dados de registro de sua infraestrutura de rede em tempo real. Correlação de dados de registro permite que os gerentes de segurança de TI possam aumentar a sua segurança de rede, processando milhões de eventos simultaneamente a partir de múltiplas fontes de logs para detectar proativamente eventos anômalos na rede antes que o  ataque ou a violação ocorra. Correlação de eventos em tempo real lida com todas as ameaças proativamente . Para neutralizar as ameaças de segurança, gerentes de TI de segurança contam com ferramentas de correlação de logs que aceleram o monitoramento e análise de eventos de rede.
Com correlação de dados de registro implantados, os gerentes de segurança de TI não têm que passar horas rastreando manualmente na rede comportamentos suspeitos. Correlação de dados de logs detecta e fornece alertas automaticamente sobre as vulnerabilidades, as atividades do usuário de rede, violações de políticas, anomalias de rede, o tempo de inatividade do sistema e ameaças de segurança de rede em tempo real.

Hábito 6 – Tema a Ações dos Usuários

Seus funcionários de maior confiança e os usuários podem, intencionalmente ou não provocar roubos de dados, interrupções e falhas no sistema quando eles têm acesso privilegiado às aplicações críticas de negócios, dispositivos, e sistemas  arquivos.
Os gerentes de segurança de TI têm de acompanhar todas as atividades do usuário em tempo real em toda a infraestrutura de TI, monitorando os dados de registro. Dados de registro contêm a trilha de auditoria completa de todas as atividades que acontecem em recursos de rede críticos. Os gerentes de segurança de TI precisam alavancar as trilhas dos dados de logs de auditoria para obter respostas para o “quem, o quê, quando, onde e como” de toda a atividade do usuário em tempo real.

Hábito 7 – Arquivo e Segurança dos Registro de Dados

Arquivamento de registros é uma ordem para todas as empresas para atender aos requisitos de conformidade. Arquivamento de Logs depende das políticas estabelecidas pela empresa e a conformidade regulamentar decorrente.
O período de arquivamento de log varia de acordo com a auditoria de conformidade. Por exemplo, PCI DSS exige um ano; HIPAA requer sete anos; e FISMA requer três anos. Outro bom motivo para os arquivamento  de logs é para investigações forenses, como observado no Hábito 4.
Dados de logs arquivados devem ser protegidos de alterações para garantir a autenticidade. Os gerentes de segurança de TI deve criptografar os dados de registro e torná-la inviolável por hashing e selo cronológico para futura análise forense e para conformidade ou as auditorias internas.

Hábito 8 – Continue Monitoramento e Revisando Registros de Dados

Os gerentes de segurança de TI devem acompanhar e analisar dados de log em uma base regular. Todos os sete hábitos acima mencionados  trabalham juntos no sentido de cumprir o oitavo hábito. Gerenciamento de Log não é um processo one-time only que irá proteger a sua rede. Para mitigar crimes cibernéticos, isto deve ser um processo contínuo, em que os dados de registro devem ser recolhidos, monitorados e analisados em tempo real.

Conclusão

Uma organização típica consiste em vários sistemas, dispositivos e aplicações e os dados de log gerados por cada um deles é vital para a detecção de comportamento anômalo, ameaças, vulnerabilidades, incidentes de segurança, violações de políticas, as atividades do usuário, e muito mais. Ao aproveitar os dados de registro, os gerentes de segurança de TI podem melhorar muito a postura geral de segurança de sua organização por defender proativamente sua rede de ameaças.

Os gerentes de segurança de TI devem colocar todos os oito hábitos de gerenciamento de registros em prática, para que possam derivar informações acionáveis significativas, e de inteligência de segurança dos seus dados de registro.

O ManageEngine EventLog Analyzer  é uma solução de Gerenciamento de Logs, que coleta, analisa, arquiva e gera relatórios de eventos em ambiente Windows, Linux e Unix. O EventLog Analyzer é essencial para organizações interessadas nas melhores práticas como HIPAA, SOX, and GLBA, entre outras.

Faça o download e teste as vantagens do ManageEngine EventLog Analyzer  no seu ambiente ou solicite a nossa equipe uma demonstração on line da solução.
A Equipe da ACSoftware, terá o prazer em responder as suas dúvidas, auxiliar em seus testes e é claro comercialmente.

ACSoftware – Distribuidor e Revenda ManageEngine no Brasil.

Fone: (11) 4063 1007 – Vendas: (11) 4063 9639

Deixe um comentário