Heróis do ITIL #6 CMDB

O objetivo do CMDB é construir e manter um banco de dados de ativos de hardware, software, documentos associados e seus relacionamentos.

A principal idéia por trás CMDB é construir um repositório de ativos que pode ser identificado exclusivamente, controlado e gerenciado.

O que o CMDB deve ter?

CMDB deve conter informações sobre todos os componentes críticos do negócio.

  • Pessoas: nome de usuário, departamentos a que pertencem, localização e assim por diante
  • Ativos: Todos os ativos que fazem parte do negócio, tais como estações de trabalho, ambiente de trabalho, roteadores, impressoras
  • Software: Todos os programas comercialmente licenciados e instalados em seu ambiente de TI

Os ativos e componentes do CMDB são conhecidos como Itens de Configuração (ICs).
A citação do FedEx é a mais verdadeira para CMDB: “A informação sobre um pacote é tão importante quanto a própria embalagem Mike Glenn, Fedex.

De onde devo começar?

A primeira coisa que você precisa para implementar um CMDB é um plano. Aqui estão algumas diretrizes de processos que podem ajudá-lo a elaborar um bom plano.

Plano Tenha uma ideia clara de:

  • Por que você deve ter um CMDB
  • O que você pretende alcançar
  • Quem vai controlar e gerenciar
  • Os procedimentos a serem seguidos
Identificar Ativos/ICs tem que ser identificados exclusivamente; então você deve ter um sistema para:

  • Definir o padrão para o nome do rótulo
  • Um identificador para cada item e seu número de versão
  • A provisão para definir proprietários dos ICs e suas relações com outros ICs
Controlar Mantenha um ambiente controlado de ICs para que os ICs apenas sejam adicionados, modificados ou removidos atráves de um procedimento específico. Todos os seus ativos não precisam estar no CMDB; você pode optar por ter somente os que importam para o seu negócio.
 Status de gerenciamento do ciclo de vida do ativo  É importante controlar ativos ao longo do seu ciclo de vida. Os ativos podem estar em manutenção ou reparação. Relatórios de ciclo de vida do ativo podem ser úteis para determinar a manutenção e confiabilidade dos ativos.
 Auditar e verificar O CMDB não é configurado de uma vez. Realize auditorias para garantir que o CMDB reflita ambientes reais. Se você falhar em uma atualização periódica, o CMDB será apenas um mito.

Entenda o espírito do CMDB

Lembre-se que a meta de CMDB é construir um repositório de ativos com todas as informações sobre os ativos.
Um repositório de ativos pode ser lógico e distribuído. Construir um CMDB não significa tentar ter tudo em um grande banco de dados físico.

Uma Definitive Software Library (DSL) é essencial

Com lançamentos de software a cada trimestre e patches de segurança toda semana, é importante incluir as cópias do software em um ambiente vivo. Se um de seus servidores importantes falhar e você tem o número de versão do software, mas não uma cópia exata da mesma versão com você, você pode ter um grande problema.

Tenha uma configuração básica

Uma Configuração básica é um instantâneo do CMDB. Em todos os ambientes de TI há muitos sistemas com diferentes configurações, software, memória, processadores. Quando você tem tantas variáveis, você tem que se certificar de que qualquer alteração feita suporta todas as versões. Caso contrário, ele é simplesmente um convite a problemas. Os gerentes de TI tem que planejar e reduzir o número de variáveis de modo que você os tenha sob controle.

Você pode padronizar em um sistema operacional estável e versão do navegador, e garantir que todos estejam configuração ideal.

Por exemplo: Você pode definir uma linha de base com os seguintes parâmetros para garantir que todos os aplicativos de negócios funcionar normalmente

  • SO Padrão: Windows XP
  • RAM – 1 GB
  • Processador-Intel Mobile Centrino
  • Navegador Suportado – IE 7

Agora você pode gerar a lista de usuários que atendem aos padrões e quais não, e você tem um programa para mover usuários que estão abaixo da linha de base para atender a linha de base para que as questões e correções possam ser aplicadas a todos.

Selecionando a solução ITIL certa

Agora que você entendeu o ITIL Service Support, é hora de você escolher a solução ITIL certa que vai te ajudar a perceber o valor do ITIL. Nunca vá com o primeiro que aparecer porque alguém fez uma apresentação fantástica de vendas.

Lembre-se: marketing e apresentações de vendas são obrigatórias e feitas para serem impressionantes. Tente avaliar, pelo menos, quatro ou cinco produtos diferentes, dos líderes até os mais novos. Execute-o em seu ambiente, veja como é fácil de implantar, personalizar e manter. Trabalhe duro para pagar e não deixar espaço para surpresas. Faça o teste de fogo, em todos os sentidos.

Antes de fazer sua decisão, faça o dever de casa!

Continue acompanhando nossa série de posts Heróis do ITIL, e entenda melhor os processos e definições, bem como dicas e melhores práticas.

Gostaria de conhecer mais sobre o ServiceDesk Plus  e outras de nossas ferramentas? O time da ACSoftware terá o prazer de lhe atender tanto tecnicamente como comercialmente.

ACSoftware / Figo Software seu Distribuidor e Revenda ManageEngine no Brasil
Fone (11) 4063 1007 – Vendas (11) 4063 9639

Deixe um comentário