O Que as Empresas Devem Saber Sobre a Violação da Kaspersky!

Enquanto as empresas em todo o mundo estão se preparando para tentativas de invasão externa e ameaças em evolução, uma empresa em particular é agora o assunto de um caso interessante de guerra cibernética: Kaspersky. Inteligência israelense descobriu que os hackers russos usavam o Kaspersky , um popular programa antivírus, para espionar computadores em todo o mundo. Os hackers russos alegadamente usavam o Kaspersky para roubar os segredos da NSA.

Em meio à espionagem a nível nacional, Kaspersky está agora preso no fogo cruzado.

As Conseqüências

Em 5 de outubro, o The Wall Street Journal publicou uma reportagem afirmando que russos hackers de chapéu branco roubou segredos NSA utilizando base de clientes da Kaspersky. Desde então, o governo americano parece ter desinstalado o antivírus Kaspersky de muitas de suas redes governamentais. Kaspersky negou o envolvimento nesta espionagem, por isso é necessária alguma prova concreta para provar qualquer irregularidade da sua parte.

Condições de Negócios nos EUA

À luz da violação, muitas empresas têm lutado com a necessidade de continuar usando o Kaspersky. Afinal, qualquer tipo de vazamento de dados de clientes confidenciais ou informações corporativas podem ter graves repercussões na conformidade. Dito isto, os profissionais de segurança dos EUA pediram às agências do governo que ficassem seguras ao desinstalar o Kaspersky, pois eles sentem que seus dados são altamente confidenciais. Kaspersky deu uma declaração mencionando que eles estão prontos para trabalhar com as autoridades dos EUA para resolver quaisquer preocupações e a Kaspersky também está solicitando informações valiosas das autoridades que os ajudarão a investigar isso ainda mais. Por outro lado, o gigante da eletrônica Best Buy anunciou que tira os produtos da Kaspersky das prateleiras e do site.

Segurança Empresarial a Face da Guerra Cibernética

O júri ainda não sabe se esta violação da Kaspersky é uma vulnerabilidade explorada por hackers ou se o Kaspersky é de alguma forma envolvido com espiões russos. Independentemente de como a violação tenha começado, é claro que os dados se tornaram moeda altamente valorizada no mundo da guerra cibernética, com a segurança de TI sendo sua vítima freqüente. Se a sua organização não está praticando medidas de segurança adequadas, agora é hora de começar.

Mantenha backups atualizados, atualize seus sistemas e implemente correções regularmente. Se você estiver ocupado em recuperar as últimas ameaças cibernéticas, use uma solução de gerenciamento de patches ou gerenciamento de Endpoint para cuidar de vulnerabilidades em sua rede.

Se você gostaria de manter o seus sistema e softwares atualizados, garantindo maior segurança, conte, com o Desktop Central, comece agora os testes de 30 dias, totalmente grátis e conte sempre com a equipe ACSoftware, a revendedora ManageEngine no Brasil.

Deixe um comentário