Dicas rápidas para garantir que o seu Azure AD esteja protegido contra ameaças

De acordo com o  Relatório de riscos de TI da Netwrix de 2018 , 42% das organizações estão prontas para migrar seus negócios para a nuvem. Se você é um deles e decidiu assumir o alto risco de transferir seu Active Directory (AD) para a nuvem, é necessário garantir que seu novo sistema baseado em nuvem seja o mais seguro possível.

Sendo o guardião das soluções em nuvem da Microsoft, o Azure AD vem com uma ampla gama de medidas de segurança padrão; Isso inclui insights sobre logins arriscados e contas de usuário suscetíveis a ataques. No entanto, as limitações na ferramenta nativa, como um curto período de retenção de logs e a impossibilidade de visualizar as alterações feitas em ambientes locais e de nuvem de maneira abrangente, dificultam a detecção de ameaças. O e-book da ManageEngine explica em detalhes como as soluções de segurança nativas da Microsoft são insuficientes para lidar com esses riscos de segurança.

Como fortalecer suas defesas

Você não vai muito longe na frente da segurança, dependendo apenas das soluções nativas da Microsoft. Veja o que você pode fazer para fortalecer seu Azure AD:

  • Implemente a autenticação multifator para adicionar uma camada extra de proteção às suas contas e dados.
  • Monitore seus usuários privilegiados, pois 80% das violações de segurança envolvem credenciais privilegiadas de acordo com a  Forrester .
  • Garanta a detecção precoce de comportamento anômalo, tráfego de rede suspeito e outros sinais indicadores de um ataque.
  • Limite o controle de acesso a informações críticas. Certifique-se de ficar de olho nos hosts vulneráveis.
  • Sempre faça backup de seus registros de auditoria. Eles serão úteis durante uma investigação quando você precisar rastrear a origem maliciosa.

Essas dicas apenas arranham a superfície quando se trata de segurança na nuvem. Inicie os testes agora mesmo do ADAudit Plus para verificar quais outras auditorias ele possibilidade vocês realizar do Azure AD. Conte sempre com o apoio da equipe ACSoftware em seus testes!

Deixe um comentário