[TIMEBRA] 4 maneiras de economizar em custos de TI no ciclo de vida do ativo [Parte 2: implantação]

Bem-vindo de volta à nossa série de quatro partes sobre corte de custos de TI no ciclo de vida do ativo. Em nosso último post dessa série , discutimos os desafios com gastos durante o estágio de aquisição de ativos e aprendemos sobre relatórios valiosos. Nesta parte, falaremos sobre a implantação de ativos e observaremos mais relatórios que podem ajudar a cortar custos durante este estágio do ciclo de vida do ativo.

A implantação é o segundo estágio do ciclo de vida do ativo, quando os ativos adquiridos são atribuídos a colaboradores ou departamentos que precisam deles. Embora possa parecer uma fase simples, ironicamente é o estágio durante o qual os ativos tendem a passar uma quantidade substancial de tempo em um estado ocioso ou não utilizado.

Isso acontece quando as organizações não conseguem equilibrar a oferta e a demanda. Quando as organizações adquirem ativos em excesso, isso pode levar a um aumento no fornecimento sem uma demanda real por ele. Isso tende a drenar desnecessariamente o orçamento de TI em ativos não utilizados, que poderiam ter sido gastos em outros equipamentos críticos de TI.

Uma maneira fácil de identificar se sua organização tem um problema de suprimento excessivo é procurar ativos que passam muito tempo em um estado ocioso, sem serem atribuídos a nenhum usuário ou departamento.

Por outro lado, não ter ativos suficientes em estoque também pode ser prejudicial. Isso pode fazer com que os usuários tenham que esperar longos períodos para realizar tarefas importantes, o que prejudica a produtividade. Um relatório de período de espera de ativo pode ajudar a destacar a quantidade de tempo que os usuários geralmente esperam para receber os ativos que solicitaram.

Usar os ativos por muito tempo e os relatórios de período de espera dos ativos em conjunto pode ajudá-lo a manter o equilíbrio entre a oferta e a demanda, garantindo que você não adquira ativos em excesso ou mantenha seus usuários esperando por ativos por muito tempo.

Dica : Usando um relatório de consumo mensal, você pode obter uma boa compreensão do número de ativos consumidos por usuários em várias categorias mensalmente e compará-lo com o número de ativos em estoque. Isso pode ajudá-lo a descobrir quanto tempo o estoque atual vai durar e planejar as compras sistematicamente com base no consumo.

Esses relatórios foram criados usando o Analytics Plus, a solução de analytics de TI da ManageEngine, que oferece integrações prontas para uso com vários aplicativos de TI populares, como ServiceNow, Jira Software, Zendesk, como também os softwares de TI da ManageEngine

Fique ligado na terceira parte desta série, na qual iremos nos aprofundar na manutenção e suporte de ativos.

Conheça na prática e na realidade de sua empresa o que nossas soluções ACSoftware|ManageEngine podem fazer por você. Contamos com um portfólio extenso para gerenciamento de TI.
Com soluções para segurança de TI, gerenciamento de acesso e identidade (Active Directory), gerenciamento de endpoints, IT help desk e gerenciamento de serviços de TI (monitoramento de rede, banda e análise de tráfego), gerenciamento de operações de TI (Network e Server), gerenciamento de aplicativos e muito mais.

Conte sempre com o apoio da equipe ACSoftware, sua revenda e suporte ManageEngine no Brasil.

Participe agora mesmo do grupo TIMEBRA dedicado aos usuários ManageEngine no Brasil, que tem a intenção de criar uma comunidade para troca de experiências, esclarecer dúvidas, bem como ficar por dentro de dicas e novidades.

ACSoftware revenda e distribuidora ManageEngine no Brasil. – Fone / WhatsApp (11) 4063 9639.

PodCafé da TI – Podcast, Tecnologia e Cafeína.

Deixe um comentário