[Infográfico] Estatísticas globais do trabalho remoto em 2020 para administradores de TI

Em 2020, a pandemia forçou grandes corporações a acelerar a execução dos planos que a maioria delas tinha por muitos anos – tendo uma força de trabalho híbrida.

Mas mover toda ou parte da força de trabalho para trabalhar em casa acarreta seu próprio conjunto de riscos. Com várias pessoas trabalhando em dispositivos pessoais em suas redes domésticas, que geralmente não estão configuradas para altos padrões de segurança, o risco de as redes das organizações serem comprometidas é substancial.

Então, para entender como o mundo está lidando com o modelo de trabalho remoto, fizemos uma pesquisa perguntando aos administradores de TI sobre os desafios que eles enfrentaram em 2020 e o que suas organizações planejaram para 2021.

Como as empresas se adaptaram à cultura do trabalho remoto em 2020?

Algumas empresas abriram e estão conduzindo seus negócios normalmente, enquanto a maioria de nós ainda trabalha em casa, dependendo em grande parte da região em que estamos e como essa região está se saindo contra a pandemia. De acordo com 18 por cento dos administradores de rede, mais de 75 por cento de sua força de trabalho ainda opera remotamente.

Não é apenas a força de trabalho geral que se distancia; 25 por cento dos administradores com quem falamos disseram que gerenciam toda a infraestrutura de TI remotamente com a ajuda de soluções de gerenciamento de TI desde março de 2020. Eles foram capazes de monitorar, modificar e gerenciar a infraestrutura de TI sem estar no local.

No entanto, para acomodar todos os requisitos da era do trabalho remoto, os administradores tiveram que modificar suas configurações de infraestrutura continuamente. Vimos como mudanças abruptas que dão errado podem derrubar até mesmo as maiores corporações e seus serviços. Existem também outras ameaças que os administradores de TI enfrentam ao trabalhar remotamente. Algumas dessas ameaças são aquelas que vemos regularmente, enquanto outras são ameaças antigas que reaparecem após um longo período de ocultação nas sombras.

Portanto, perguntamos aos administradores de TI o que eles mais temem sobre as mudanças abruptas na configuração da infraestrutura. Cerca de 48 por cento dos administradores responderam a violações da política de conformidade e 30 por cento responderam a ransomware.

Embora essas ameaças já existam há algum tempo, a maioria das organizações não treinou sua equipe de TI de forma adequada para mitigar um ataque cibernético. Perguntamos aos participantes da pesquisa se eles treinaram sua equipe para proteger seus negócios contra ataques cibernéticos. Apenas um pouco mais da metade, 57 por cento, disseram que sim, destacando que muitas empresas ainda não levam a sério a ameaça de ciberataques.

Como as empresas fortaleceram a segurança dos dados e da rede em 2020?

As empresas estão cada vez mais cientes das ameaças que podem enfrentar e estão tentando fazer tudo ao seu alcance para minimizar os danos potenciais que podem incorrer no caso de uma violação de segurança.

Restringir o acesso a informações confidenciais está no topo da lista de prioridades para administradores de TI. VPNs são uma das ferramentas comuns usadas para restringir o acesso, e mais de 70 por cento das empresas pesquisadas já estão usando VPNs.

A varredura das redes em busca de vulnerabilidades e brechas é outra prioridade, com os administradores relatando que há um aumento na frequência das varreduras que realizam. 40 por cento das empresas estão varrendo suas redes em busca de vulnerabilidades todos os dias.

Investimentos em TI em 2020 e planos para 2021

É crucial que as empresas entendam que está na hora de investir em ferramentas para gerenciar melhor sua infraestrutura de TI e se proteger de ataques.

15,4% das empresas já usam soluções de gerenciamento de TI e apenas 7,7% das empresas planejaram adotar e implantar soluções em 2021.

Embora a tendência de adoção de soluções de gerenciamento de TI pareça sombria, 40 por cento das empresas que já implantaram soluções de gerenciamento de TI aumentaram seus orçamentos de TI em 2020 e têm planos de aumentá-los para 2021 também.

Como as soluções de gerenciamento de TI ajudam?

Perguntamos aos usuários que adotaram as soluções ManageEngine ITOM em 2020 como eles se beneficiaram de nossas soluções. Eles responderam dizendo que conseguiram resolver os problemas mais rapidamente e relataram que conseguem resolver as falhas 86 por cento mais rápido.

Além do mais, muitos deles usaram soluções ManageEngine ITOM para prever e corrigir problemas de rede. Isso os ajudou a reduzir a perda de receita devido a interrupções em impressionantes 90%.

Confira o infográfico completo

Se você ainda não decidiu se deve investir em soluções ITOM para sua organização, agora é a hora de decidir! Você pode iniciar uma versão de avaliação gratuita de 30 dias de qualquer uma de nossas soluções para ver por si mesmo como elas podem beneficiar sua organização, contando sempre com o apoio da equipe ACSoftware.

ACSoftware revenda e distribuidora ManageEngine no Brasil. Fone / WhatsApp (11) 4063 9639.

PodCafé da TI – Podcast, Tecnologia e Cafeína.

Deixe um comentário

Blog ACSoftware - ManageEngine